Divulgação
Divulgação

Polícia identifica suspeito de arrastão no metrô do Rio

Max Walla Medeiros é acusado de ser um dos cinco que assaltaram pelo menos sete passageiros entre as estações Glória e Catete

O Estado de S. Paulo

30 Março 2015 | 19h21

RIO - A Polícia Civil identificou um dos suspeitos de ter participado do arrastão no metrô, na quarta-feira, 25. Max Walla Medeiros da Hora é acusado de ser um dos cinco homens que assaltaram pelo menos sete passageiros entre as estações Glória e Catete, na zona sul. 

A polícia chegou ao suspeito depois de ouvir depoimentos das vítimas e analisar as imagens do sistema de segurança do Metrô Rio. Medeiros ainda não foi localizado. A polícia pede que informações sejam repassadas ao Disque Denúncia (21-2253-1177).

Segundo as vítimas, um dos assaltantes tinha cerca de 40 anos e estava armado com uma pistola. Os outros quatro tinham cerca de 20 anos. Eles inicialmente pediram os celulares, mas depois acabaram levando outros pertences dos passageiros. No início do mês, quatro homens já haviam feito outro arrastão entre as estações Botafogo e Flamengo. Na ocasião, pelo menos 16 pessoas foram roubadas.



Mais conteúdo sobre:
Rio de JaneiroMetrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.