Reprodução
Reprodução

Polícia investiga assassinato em lan house da Baixada

Morte de Henrique da Silva foi registrada por câmeras; segundo relatos, o suspeito já havia tentado matar a vítima em março

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2015 | 12h37

RIO - A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga um homem que foi assassinado à queima-roupa por cinco tiros na nuca na última quinta-feira, 18, no bairro do Éden, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Henrique da Silva, de 23 anos, foi morto dentro de uma lan house. Toda a ação foi gravada por câmeras de segurança do local, que mostram um homem de casaco e boné, identificado como Marcos Vinícius, empunhando uma arma. 

Ele tentou disparar duas vezes, mas a arma falhou e ninguém percebeu sua movimentação. Saiu da loja, ao voltar, finalmente disparou contra Silva. Assustados, os clientes do local fugiram correndo. A vítima morreu antes mesmo de ser socorrida. 

Investigadores da Delegacia de Homicídios da Baixada, que apura o caso, agora buscam o paradeiro do criminoso, conhecido como MV. Segundo testemunhas, ele é desafeto de Henrique da Silva e atua na comunidade do Castelinho, em São João de Meriti.

O suspeito já havia tentado matar a vítima, em março deste ano, segundo relatos. Da Silva tem passagens pela polícia por porte ilegal de arma, tráfico e associação para o tráfico. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.