Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Polícia Militar faz operação na Cidade de Deus

Na ação, um grupo de suspeitos foi flagrado fugindo pela mata

Márcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2019 | 15h24

RIO - A Polícia Militar realiza operação na Cidade de Deus, favela na zona oeste do Rio, desde o início da manhã desta quarta-feira, 11. Até o início da tarde, pelo menos um homem foi morto e dois acabaram presos. Na ação, um grupo de suspeitos foi flagrado fugindo pela mata.

A operação é comandada desde o início da manhã por policiais do 18º BPM (Jacarepaguá). Segundo informações da Secretaria de Estado de Polícia Militar, a ação inicialmente tinha por objetivo retirar barricadas e miguelitos (estruturas de metal pontiagudas para furar pneus) colocadas por traficantes em ruas da comunidade, quando iniciou um confronto com criminosos que atuam na região.

“Foi realizado um cerco nos principais acessos à Cidade de Deus para evitar reflexos nas vias de maior movimento na região. Em um dos pontos do cerco, no Caminho Outeiro, houve confronto com as equipes que atuavam no local. Um criminoso com um tornozeleira eletrônica e de posse de uma pistola .40 foi ferido e socorrido ao Hospital Lourenço Jorge”, diz nota da PM. Ele acabou morrendo ao dar entrada no hospital.

No início da manhã, a TV Globo transmitiu ao vivo, através de um helicóptero, pelo menos 20 suspeitos fugindo pela mata que fica próxima à Cidade de Deus. Eles entraram na mata assim que um blindado da PM apareceu na favela. A cena lembrou um episódio de 2010, quando um helicóptero flagrou cerca de 100 criminosos fugindo pela mata quando, em uma megaoperação, a PM ocupou a Vila Cruzeiro, no Conjunto de Favelas do Alemão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.