Polícia prende deficiente físico suspeito de assaltar ônibus no Rio de Janeiro

Homem, que tem má formação numa das pernas, agia com comparsa, usando cartão de gratuidade

18 Agosto 2011 | 18h35

SÃO PAULO - Policiais da 41ª DP (Tanque) prenderam nesta quinta-feira, 18, um deficiente físico suspeito de assaltar coletivos, no Rio de Janeiro, usando um cartão de gratuidade (Rio Card) para liberar sua entrada nos transportes. Segundo a polícia, o homem tem má formação em uma das pernas.

O assaltante foi preso em sua casa, na Rua Olímpia, na comunidade do Salgueiro, no bairro da Tijuca.

Segundo os agentes da polícia, eles analisaram as imagens cedidas pela empresa dos ônibus e compararam com o horário dos cartões de gratuidade usados naquele dia, identificando assim o criminoso.

George S. Arante, de 35 anos, agia com um comparsa, usando o cartão de gratuidade para entrarem nos veículos, já que pessoas portadoras de necessidades especiais têm direito a um acompanhante. Eles esperavam o melhor momento e roubavam os passageiros.

Ainda de acordo com os policiais, o criminoso tem passagem pela polícia pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, receptação e associação ao tráfico de entorpecentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.