Divulgação
Divulgação

Polícia prende mulher que comandava tráfico de drogas em favela de Niterói

Ângela Cristine Polisseni, conhecida como Princesa, foi encontrada em casa em uma área nobre na zona sul de Niterói

Márcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2017 | 19h35

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 23, Ângela Cristine Polisseni, conhecida como Princesa. Ela é mulher do traficante Luiz Claudio Gomes, conhecido como Pão com Ovo, líder do tráfico de drogas da Favela Nova Brasília, em Niterói. O criminoso está preso no Complexo de Gericinó, em Bangu.

Segundo a polícia, Princesa comandava o tráfico na favela Nova Brasília seguindo ordens do marido. De acordo com o delegado Luiz Henrique Pereira, da 78ª DP (Fonseca), as investigações revelaram um grande esquema de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, corrupção de agentes públicos e organização criminosa.

Ela foi encontrada em sua residência, no bairro de Icaraí, área nobre na zona sul de Niterói. Dois veículos, um Honda City e um Kia Sportage, três casas (em Niterói, Saquarema e Cabo Frio), além de contas bancárias, foram identificados como bens do casal e apreendidos pela polícia. “Todos os bens poderão ser revertidos em favor da Polícia Civil após o trânsito em julgado da sentença penal condenatória”, frisou o delegado.

Além de Princesa - que teve prisão temporária decretada por 30 dias - a Polícia Civil prendeu também o advogado do casal, Mauro Silva Sant'ana. Ele é acusado de oferecer auxílio jurídico para ocultar o patrimônio adquirido com o dinheiro ilícito e intermediar o pagamento de propina a agentes públicos.

 

Mais conteúdo sobre:
Polícia Civil Niterói [RJ]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.