Polícia prende suspeitos de roubos de veículos e tráfico de drogas no Rio

Operação em comunidades de Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana, tem objetivo de cumprir 20 mandados de prisão

Tiago Rogero, O Estado de S. Paulo

25 de setembro de 2014 | 12h24

Atualizado às 15h10

RIO - Quatro pessoas foram presas durante operação da Polícia Civil na manhã desta quinta-feira, 25, em comunidades de Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A ação, que integra os policiais de 11 delegacias da região, com o apoio de três blindados e um helicóptero, tem o objetivo de cumprir 20 mandados de prisão contra suspeitos de roubos de veículos e tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, além dos presos  - que não tiveram nomes ou idades reveladas - também foram apreendidas drogas, munições, dinheiro, radiotransmissores e carregadores, além de três motocicletas e um carro roubados.

Dos quatro detidos, dois foram em cumprimento dos mandados de prisão, outro em flagrante e o terceiro por suspeita de ter roubado um carro na terça-feira, 23. Os outros 18 alvos dos demais mandados de prisão são agora considerados foragidos.

A operação foi realizada em comunidades como Igreja, Igrejinha, Cachoeira e Viradouro, em Niterói. Em Vital Brasil, também na cidade, um homem apontado como suspeito pela polícia foi baleado em troca de tiros com os agentes. Segundo a Polícia Civil, ele foi encaminhado para um hospital da região. Não há informações sobre identidade ou estado de saúde do homem.

A ação é comandada pelo 4ª Departamento de Polícia de Área (DPA) e conta com a participação de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), e das Delegacias de Roubos e Furtos de Automóveis, Roubos e Furtos de Cargas, de Combate às Drogas e da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.