Policiais são agredidos por moradores em UPP do Caju, no Rio

Segundo comando da UPP, agentes tentavam conter um agressor quando populares atiraram pedras e garrafas contra viatura

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2016 | 16h43

RIO - Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Caju, na zona portuária do Rio, foram agredidos por moradores com garrafas e pedras, quando tentavam deter um homem por agressão.

De acordo com o comando da UPP, policiais realizavam patrulhamento de rotina, quando um homem, que estava na porta de um bar, começou a arremessar garrafas contra eles. Os agentes tentavam conter o agressor, mas populares se aglomeraram em volta dos policiais e atiraram pedras e garrafas contra a viatura policial.

O incidente aconteceu na região conhecida como Parque Alegria, por volta das 19h deste sábado, 5. Dois policiais ficaram feridos sem gravidade. Eles foram levados para o Hospital Central da Policia Militar (HCPM), no Estácio, região central da cidade, e liberados em seguida.

Não houve troca de tiros, segundo o comando da UPP. O Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) foi acionado pelos policias durante a confusão. Dois homens foram detidos e encaminhados à 17ª Delegacia de Polícia (São Cristóvão).

O policiamento no local foi reforçado por agentes de outras UPPs da cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.