Policial morre em troca de tiros em Niterói

Outro PM ficou ferido após ataque à base avançada de Itacorá, da Unidade de Polícia Pacificadora do Alemão, na zona norte do Rio

Thaise Constâncio, O Estado de S. Paulo

07 Agosto 2014 | 16h32

RIO - Um policial militar morreu em Niterói, na região metropolitana do Rio, e outro ficou ferido no Complexo do Alemão, zona norte da capital, em confrontos com criminosos na noite dessa quarta-feira, 6. Os nomes não foram revelados.

O PM morto atuava na Companhia Destacada do Fonseca, subordinada ao 12° Batalhão (Niterói). De acordo com o comando do 12º BPM, os policiais faziam uma operação na favela Vila Ipiranga, no Fonseca. Os agentes fizeram um cerco na favela para impedir a fuga dos bandidos e houve uma troca de tiros. O policial foi ferido e chegou a ser encaminhado hospital estadual Azevedo Lima, também no Fonseca, mas não resistiu aos ferimentos. A operação continua e ainda não há informações sobre presos ou outros feridos.

Já no Alemão, bandidos atiraram contra a base avançada Itacorá, da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Alemão, na zona norte, por volta das 20h. Um dos policiais que estava dentro do contêiner, foi atingido na perna e socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão, na Estrada do Itararé.

Ele está lúcido, recebeu os primeiros atendimentos na UPA e foi transferido, em seguida, para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, também na zona norte. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e 300 agentes de outras unidades que atuam nas UPPs do complexo de favelas reforçam o patrulhamento da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.