Wilton Junior|Estadão
Wilton Junior|Estadão

Policial reage a assalto e atinge passageiro em trem no Rio

Vítima foi levada para Hospital da Posse e assaltante morreu; em outro assalto a ônibus, policial à paisana reagiu e além de dois criminosos, motorista também morreu

Constança Rezende/RIO, O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2015 | 16h05

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida em assalto às 4h30, desta sexta-feira (6), dentro de um trem do ramal Japeri (cidade na Baixada Fluminense). Segundo nota da concessionária SuperVia, que administra o serviço ferroviário de passageiros no Estado, um policial militar que viajava à paisana reagiu a tiros ao assaltante na altura da estação Nova Iguaçu, outro município na Baixada. O suspeito morreu. Um homem, ainda não identificado, foi baleado e levado para o Hospital da Posse. Segundo a Polícia Militar (PM), os policiais apreenderam uma pistola falsa.

O Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) da PM foi acionado. Os passageiros que estavam no trem foram orientados a desembarcar na estação e seguir viagem em outros trens. Segundo a SuperVia, a circulação do ramal Japeri não foi afetada.

“A SuperVia ressalta que a segurança pública no sistema ferroviário fluminense é atividade típica e exclusiva do Estado, que atua nas estações e trens por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer). Esta é uma das determinações do contrato de concessão. A Secretaria Estadual de Segurança tem auxiliado no reforço das rondas ao longo do sistema e a concessionária ampliou essa atuação com o suporte de policiais militares contratados dentro do Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis)”, informa nota da concessionária.

Às 22h30 desta quinta-feira (5), um PM à paisana também reagiu a um assalto a ônibus na Avenida Presidente Vargas, no centro do Rio. Três homens morreram: os dois criminosos e o motorista. Segundo a PM, dois ladrões entraram no ônibus da viação Coesa que faz a linha Passeio (centro)-São Gonçalo (município da Região Metropolitana). Quando o veículo estava na avenida, na altura da estação de metrô Cidade Nova, os bandidos anunciaram o assalto. O policial estava entre os passageiros e reagiu, atirando contra a dupla. Os ladrões revidaram. Houve pânico entre os passageiros. Baleado na cabeça, o motorista morreu na hora. Um ladrão morreu dentro do ônibus. O outro, no Hospital Souza Aguiar, no centro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.