FABIO MOTTA/ESTADAO
FABIO MOTTA/ESTADAO

Prefeitura do Rio cancela ponto facultativo na segunda-feira 'de carnaval'

A segunda-feira da semana de Carnaval segue sendo ponto facultativo nas repartições públicas estaduais

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2021 | 21h13

RIO - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), cancelou o ponto facultativo que havia decretado para o dia 15 de fevereiro, segunda-feira “de carnaval”, em todas as repartições públicas do município. Assim, todas elas vão funcionar normalmente nesse dia. A medida, publicada na edição desta segunda-feira, 1º do Diário Oficial do município do Rio, é uma tentativa de evitar aglomerações em meio ao carnaval. A terça-feira (16) é feriado em todo o Estado do Rio.

O ponto facultativo havia sido decretado em 15 de janeiro. A segunda-feira da semana de Carnaval segue sendo ponto facultativo nas repartições públicas estaduais.

Em janeiro, Paes havia descartado também a possibilidade de realizar o carnaval em julho.  Ele escreveu no Twitter que a celebração não acontecerá este ano. "Nunca escondi minha paixão pelo carnaval e a visão clara que tenho da importância econômica dessa manifestação cultural para nossa cidade.  No entanto, me parece sem qualquer sentido imaginar a essa altura que teremos condições de realizar o carnaval em julho", escreveu o prefeito.

Suspensão em outros Estados

Governos estaduais e prefeituras têm anunciado nas últimas semanas o cancelamento do ponto facultativo do período do carnaval. A decisão ocorre meses após a suspensão das festividades em fevereiro e tem o objetivo de desestimular aglomerações e festas clandestinas em meio ao aumento de casos da covid-19 no País.

A segunda, 15, a terça-feira, 16, e a quarta-feira (até as 14 horas), 17, são consideradas pontos facultativos pelo governo federal, o que está oficializado em portaria do Ministério da Economia de 30 de dezembro. Há gestões municipais e estaduais, contudo, que consideram parte das datas como feriado.

Entre os governos que tomaram a medida de suspensão, estão alguns dos principais destinos brasileiros para os festejos de carnaval, como Bahia, Pernambuco, Ceará e Minas Gerais. 

O governo de São Paulo e a Prefeitura da capital paulista também já cancelaram os pontos facultativos da segunda e terça-feira de carnaval, em 15 e 16 de fevereiro, e na quarta-feira de cinzas, no dia 17. A decisão tem o objetivo de evitar aglomerações em eventos clandestinos em um momento de aumento de casos na cidade. 

A determinação também foi anunciada por municípios de diferentes portes, como Florianópolis, Ouro Preto, Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.