Preso sétimo integrante de quadrilha de estelionatários no Rio

Grupo composto por outros três homens e três mulheres começou a ser desarticulado na sexta, em Niterói

Solange Spigliatti, Agência Estado

11 de novembro de 2008 | 11h47

Mais um integrante de uma quadrilha de estelionatários, detida nesta segunda-feira, 10, foi preso hoje no Rio, segundo informações da polícia civil. Cláudio Mario Vilas Gomes, de 31 anos, foi preso quando saía de casa, na Rua São Paulo, em Belford Roxo. Com ele foram apreendidos cartões bancários, cartões de crédito, contracheques, cheques em nome de pelo menos dez pessoas, além de um veículo Corsa 2009, comprado na Carreira Veículos, em São Conrado. O carro, que é produto de estelionato, foi apreendido. Cláudio foi autuado por estelionato, formação de quadrilha, falsificação de documento público, falsificação de documento particular, falsidade ideológica e uso de documento falso.  A quadrilha de estelionatários, composta por três homens e três mulheres, começou a ser desarticulada por policiais da 64ª DP, em Vilar dos Teles, na última sexta-feira, 07, em Niterói. No município, Rita de Cássia dos Santos Pereira, de 45 anos, foi detida ao sair de um banco onde estava tentando obter financiamento, com documentos falsificados, para comprar um veículo. Com ela foram presos Márcio Mendes dos Santos, de 42 anos, e Rose da Silva Valentim, de 47 anos. Em São João de Meriti, em uma agência de automóveis, também foram presos Eduardo dos Santos Fugazza, de 49 anos, Sidney do Nascimento Crescencio, de 34 anos, e Mônica Granete dos Santos, de 35 anos, apontada como a chefe da quadrilha.  Todos autuados por estelionato, receptação, formação de quadrilha, falsificação de documento público e particular, e falsidade ideológica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.