Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Principais atrações turísticas do Rio reabrem neste sábado depois de quatro meses fechadas

Corcovado, Pão de Açúcar, AquaRio, Paineiras e Rio Star terão medidas de segurança rígidas para a prevenção da covid-19

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2020 | 11h32

Cinco das principais atrações turísticas da cidade serão reabertas no próximo sábado, 15, depois de meses fechadas por conta da pandemia de covid-19. Corcovado, Pão de Açúcar, Paineiras, AquaRio e a roda-gigante Rio Star fizeram o anúncio na manhã desta quarta-feira, 12, em um comunicado coletivo, em que se comprometeram a manter cuidados excepcionais para evitar o contágio pelo novo coronavírus. As atrações já tinham autorização para funcionar desde julho, mas optaram conjuntamente por esperar mais um mês por medida de segurança.

Horários restritos de funcionamento, número reduzido de visitantes, obrigatoriedade do uso de máscaras, aferição da temperatura, distribuição de álcool 70% e incentivo a compra de ingressos pela internet para evitar filas e aglomerações são algumas das medidas anunciadas pelas cinco atrações, que definiram conjuntamente os protocolos.

“Pela primeira vez na história do Rio de Janeiro os atrativos se uniram. Primeiro na concepção de um protocolo de segurança permeado por todos os atrativos para trazer maior segurança sanitária para os visitantes”, disse Sandro Fernandes, CEO do Bondinho do Pão de Açúcar.

O Trem do Corcovado, por exemplo, optou por operar com apenas 50% da capacidade das composições, abaixo dos dois terços autorizados pelo município. Toda a frota passará por higienização frequente. Já as vans da concessionária Paineiras Corcovado vão circular com um terço da lotação e janelas abertas. No Pão de Açúcar, a compra de bilhetes pela internet terá 10% de desconto. Os bondinhos vão operar com dois terços da capacidade.

Na Zona Portuária, a Rio Star terá limite de quatro pessoas por gôndola, em vez das oito que eram permitidas antes da pandemia. Os visitantes embarcarão em cabines exclusivas com seus familiares e amigos, e será permitida a abertura da janela.

“Para garantir segurança total, nossos funcionários usarão, além da máscara, que passa a ser obrigatória por todos os frequentadores, a proteção facial”, afirmou Fábio Bordin, diretor executivo da FW Investimentos, que administra a Rio Star.

O AquaRio terá entrada exclusiva pelo Boulevard Olímpico, onde os visitantes encontrarão um tapete sanitizante para os sapatos. Além disso, os elevadores vão transportar somente pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.