Disque-Denúncia/Divulgação
Disque-Denúncia/Divulgação

Procuradora aposentada condenada por torturar criança é presa no Rio

Vera Lúcia de Sant’anna Gomes estava em um apartamento em Ipanema, na zona sul; ela era considerada foragida desde 2016

Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

17 de janeiro de 2019 | 09h46

RIO - A Polícia Civil do Rio prendeu na manhã desta quinta-feira, 17, a procuradora de Justiça aposentada Vera Lúcia de Sant’anna Gomes. Condenada por espancar uma criança de dois anos que pretendia adotar, em 2010, ela era considerada foragida há quase três anos.

Reportagem da Globonews dessa quarta-feira mostrou que Vera Lúcia estava em sua residência, um apartamento em Ipanema, na zona sul. Agentes da Polícia Civil foram até o endereço na manhã desta quinta e a procuradora aposentada foi encaminhada à Cidade da Polícia, na zona norte do Rio.

Vera Lúcia havia sido condenada, ainda em 2010, a oito anos e dois meses de prisão em regime fechado. Posteriormente, a pena foi reduzida para cinco anos e cinco meses de prisão, em regime semiaberto.

A procuradora aposentada chegou a ganhar um habeas corpus, mas em 2016, após esgotados todos os recursos, deveria ter começado a cumprir a pena. Desde então, era considerada foragida.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa da acusada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.