Divulgação
Divulgação

Professora é afastada após chamar aluno de ‘macaco’ em sala

Docente responderá a uma sindicância, segundo a Secretaria Estadual de Educação; caso ocorreu em São Gonçalo

O Estado de S. Paulo

22 Setembro 2016 | 20h15

Uma professora do Instituto de Educação Clélia Nanci, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, foi afastada do cargo depois de ter chamado um aluno negro, de 14 anos, de macaco, na segunda-feira. 

Em uma gravação, a professora identificada como Nádia Restum aparece em uma discussão com o estudante e responde: “Você olha para o seu rabo, macaco”. O vídeo foi gravado por um colega de turma do garoto. 

A Secretaria Estadual de Educação, responsável pela administração do colégio, enviou nota afirmando que “a professora foi afastada imediatamente das funções e responderá a uma sindicância”.“ A secretaria ressalta que repudia quaisquer formas de preconceito e discriminação.”

A 72.ª DP (São Gonçalo) abriu investigação. O crime foi registrado como injúria por preconceito. “Testemunhas serão ouvidas e outras diligências estão em andamento para esclarecer o ocorrido”, afirmou, em nota, a polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.