Protesto de vítimas lembra 10 anos da tragédia no Palace 2

Os moradores do Edifício Palace 2 reuniram-se nesta sexta-feira, 22, para uma missa na Igreja de Santa Luzia. Logo depois a cerimônia, às 10 horas, eles se dirigiram para a frente do Fórum do Rio de Janeiro, com o intuito de lembrar os 10 anos do desabamento do prédio. Um bolo com 10 metros de comprimento marca a data. O protesto deles é contra as indenizações recebidas - as famílias receberam entre 10% e 15% a que têm direito e algumas delas ainda não tiveram nenhum tipo de ressarcimento. Oito famílias ainda vivem no Hotel Atlântico Sul, que deveria ser pago por Sérgio Naya. As dívidas do empresário com o hotel somam R$ 4 milhões.Marcos D'Paula/AE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.