Quatro suspeitos morrem em três tiroteios no Rio

Casos nas Favelas Jorge Turco e Vila dos Pinheiros, zona norte, e na da Rocinha, zona sul, deixaram também três pessoas feridas

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

21 Janeiro 2015 | 09h09

RIO - O feriado de São Sebastião nesta terça-feira, 20, foi de tiroteios em ao menos três favelas do Rio de Janeiro, que resultaram na morte de quatro suspeitos, além de três pessoas feridas.

Na Jorge Turco, na zona norte, uma operação da Polícia Militar terminou em troca de tiros com traficantes. Um rapaz que seria ligado ao tráfico morreu, e um policial foi ferido de raspão. Foram apreendidos dois fuzis e duas pistolas, além de drogas. Na manhã desta quarta-feira, 21, segundo a PM, a situação na favela está controlada.

Na Rocinha, na zona sul, dois suspeitos foram mortos e um se feriu em um confronto com policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Segundo a Polícia Civil, os PMs receberam uma denúncia de que criminosos estavam reunidos, deslocaram-se até o local onde eles estavam e foram recebidos a tiros. Havia pelo menos seis suspeitos reunidos no local. O dia amanheceu tranquilo no morro, de acordo com a polícia.

Na Vila dos Pinheiros, na zona norte, um suspeito também foi morto, durante um tiroteio com militares da Força de Pacificação que atua na região. Um sargento do Exército foi atingido nas pernas por estilhaços.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.