Resultados contra violência virão a médio prazo, diz Tarso

Ministro da Justiça está otimista na implementação do Programa Nacional de Segurança com Cidadania

Luciana Nunes Leal, estadao.com.br

16 Outubro 2008 | 16h49

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse há pouco que trabalha com "muito otimismo" na implementação do Programa Nacional de Segurança com Cidadanida (Pronasci) e que os melhores resultados no combate à violência no País aparecerão "no médio e longo prazo". Ele afirmou que sem uma "estratégia nova para a segurança pública, combinando prevenção com eficácia repressiva e qualidade da ação policial, a situação não tem saída e permanecerá como está".   Veja também:  Diretor do presídio de Bangu 3 é assassinado no Rio   Tarso Genro está no Rio para lançar o programa habitacional para policiais de baixa renda, em uma parceria do Ministério da Justiça com o governo estadual. O ministro vai participar de solenidade de lançamento do programa nesta tarde no Palácio Guanabara com o governador Sérgio Cabral (PMDB). O ministro não comentou o assassinato do tenente-coronel José Roberto do Amaral Lourenço, 41 anos, diretor do Presídio Bangu 3. O militar foi executado na manhã de hoje na Avenida Brasil.

Mais conteúdo sobre:
tarso genro rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.