WILTON JUNIOR / ESTADAO
WILTON JUNIOR / ESTADAO

Rio libera lotação máxima em cinemas, teatros e outros locais

Boates, danceterias e salões de dança, porém, seguem proibidos de funcionar

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2021 | 09h47

RIO DE JANEIRO - A Prefeitura do Rio autorizou que cinemas, teatros, shoppings, centros comerciais, museus e outros locais de eventos passem a funcionar com 100% de sua capacidade a partir desta segunda-feira, 18. Por outro lado, boates, danceterias e salões de dança seguem proibidos de funcionar. A capacidade de público em estádios de futebol na cidade, por sua vez, poderá chegar a 50% da lotação prevista.

Não será exigido distanciamento mínimo, mas o funcionamento desses locais está condicionado ao uso de máscaras de proteção por parte de todos os frequentadores. Locais de uso coletivo também só poderão ser acessados mediante a apresentação do 'passaporte da vacina', que comprove que a imunização contra a covid-19 está em dia.

As medidas foram publicadas no Diário Oficial do Rio desta segunda-feira, e alteram o decreto que estava em vigor desde 16 de setembro, que era mais restritivo. Assim, podem operar com capacidade máxima shopping centers, centros comerciais e galerias de lojas, museus, bibliotecas, cinemas, teatros, circos, casas de festa e salão de jogos, parques, exposições e centros turísticos, entre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.