Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Rio tem 100 policiais assassinados em 2017 após morte de sargento

PM reagiu a uma tentativa de assalto na Baixada Fluminense e foi baleado na cabeça

Thaise Constancio, Especial para o Estado

26 Agosto 2017 | 11h03

RIO - Morreu por volta das 9 horas deste sábado, 26, o sargento Fábio José Cavalcante e Sá. Ele foi o 100º policial militar assassinado neste ano no Rio de Janeiro. O PM morreu em uma tentativa de assalto em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, o sargento reagiu e foi atingido com um tiro na cabeça. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nilo Peçanha, em Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense, mas não resistiu aos ferimentos.

Nesta quinta-feira, 24, havia sido registrado o 99º assassinato de um policial militar. O subtenente Mabel Sampaio, de 53 anos, morreu no início da tarde após ser baleado no bairro Porto da Madama, em São Gonçalo, na região metropolitana.

Segundo a Polícia Militar, equipes do 7º Batalhão da Polícia Militar de São Gonçalo foram acionadas para uma ocorrência e, ao chegarem ao local, encontraram o PM ferido por disparos de arma de fogo. Ele estava em frente à sua residência.

O policial foi socorrido e encaminhado ao Pronto Socorro de São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.