Prefeitura do Rio
Prefeitura do Rio

Rio volta ao estado de atenção após temporal

Há registro de queda de árvores e vias com pontos de alagamento; previsão de pancadas de chuva isoladas a qualquer hora do dia

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

15 Fevereiro 2018 | 06h03

O município do Rio de Janeiro retornou ao estado de atenção às 5h30 desta quinta-feira, 15. Segundo o Alerta Rio, no momento, há apenas núcleos de chuva no oceano e, na última hora, só houve registro de chuva fraca. 

Ao longo do dia, áreas de instabilidade permanecerão influenciando o tempo no município e com isso a previsão é de predomínio de céu nublado, com condições para ocorrência de pancadas de chuva isoladas a qualquer hora do dia.

A cidade entrou em estágio de crise à 0h25 desta quinta-feira, 15, devido à chuva forte associada a atuação de áreas de instabilidade.

Estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas. Já o estágio de crise é o terceiro e significa chuva forte a muito forte nas próximas horas, podendo causar alagamentos e deslizamentos.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, os temporais impactaram principalmente bairros das zonas norte e oeste da cidade, na noite de quarta-feira, 14, e madrugada desta quinta-feira. Em apenas uma hora, a estação Barra/Riocentro registrou 123,2mm de chuva, o equivalente a 119% do esperado para todo o mês de fevereiro. 

Em Jacarepaguá, das 17h dessa quarta às 2h desta quinta, choveu quase 150% da média de chuva esperada para todo o mês de fevereiro.

A Prefeitura do Rio pede que a população siga as orientações dos agentes públicos. O telefone de emergência da Defesa Civil é o 199.

Queda de árvore

Grajaú-Jacarepaguá - Via parcialmente interditada, na altura do KM 5,4.

Rua Albérico Diniz, em Jardim Sulacap. Via interditada.

Curva Chico Anysio, Barra da Tijuca. Via parcialmente interditada.

Av. Gomes Freire, altura do nº 380, na Lapa. Via interditada.

Também houve registro de queda de árvores em outras 16 vias de menos porte na cidade.

Sistema de alerta 

O sistema de alerta e alarme comunitário da Prefeitura do Rio foi acionado em 76 comunidades das regiões de Jacarepaguá, Grande Tijuca e da zona norte, por causa da chuva forte registrada na cidade do Rio.

Os moradores foram orientados por agentes comunitários e da Defesa Civil Municipal a se dirigirem aos pontos de apoio. Um dos protocolos de acionamento dos equipamentos consiste no registro a partir de 55 mm de chuva em uma hora, o que pode deixar a encosta vulnerável a deslizamentos. 

Antes das sirenes tocarem, as lideranças comunitárias treinadas pela Defesa Civil já haviam informado aos moradores sobre a possibilidade de evacuação assim que receberam as mensagens nos celulares que a Prefeitura do Rio disponibilizou e que compõem o sistema de alerta preventivo.

Transportes

SUPERVIA: Devido a uma ocorrência na linha férrea, não haverá operação no ramal de Santa Cruz nesta manhã. No ramal de Belford Roxo, segundo a concessionária, trens circularão somente de Belford Roxo até a Pavuna. Passageiros devem utilizar os ônibus e o metrô. 

BRT: Pode haver irregularidades nos intervalos do serviço TransCarioca,  por causa de alagamentos ao longo da Av. Nelson Cardoso. Evite a via. 

Vias com pontos de alagamento

Av. Dom Hélder Câmara, altura da R. da Abolição, na Abolição. Via liberada.

Radial Oeste, altura do Maracanã. Via liberada. 

Av. Brasil, altura de Benfica, Caju e de Manguinhos. Via parcialmente interditada.

Estrada dos Bandeirantes, altura da Merck, na Taquara. Via parcialmente interditada.

Av. Ayrton Senna, altura do Makro, na Barra, sentido Linha Amarela. Via parcialmente interditada.

Linha Amarela, sentido Barra, altura do shopping Nova América, em Del Castilho. Via liberada.

Praça da Bandeira. Via liberada. 

Mergulhão Billy Blanco, na Barra. Via liberada. 

Rua Prof. Manoel de Abreu, altura da R. Felipe Camarão, na Tijuca. Via liberada. 

Av. Maracanã, altura da R. Eurico Rabelo, no Maracanã. Via liberada. 

Av. Ayrton Senna, altura do acesso à Linha Amarela, na Gardênia Azul, sentido Linha Amarela. Via liberada. 

Pista central da Av. Armando Lombardi, altura do nº 1100, próximo ao posto Shell, na Barra da Tijuca, sentido Recreio. Via liberada.


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.