Foto: Silvia Izquierdo|AP
Foto: Silvia Izquierdo|AP

Rocinha tem confronto de policiais com criminosos

Segundo a PM, o objetivo da ação é intensificar o vasculhamento da região em busca de armas e bandidos

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2017 | 12h10

RIO DE JANEIRO - A Rocinha registrou tiroteios na manhã desta quarta-feira, 27. Moradores divulgaram nas redes sociais vídeos que supostamente reproduziriam o barulho das sequências de tiros disparados na comunidade. Segundo nota da Polícia Militar, houve um confronto entre equipes policiais e criminosos armados, em diversos pontos do local. Até as 11h, não havia informações sobre feridos ou mortos.

A Polícia Militar também informou que dobrou o emprego das Unidades do Comando de Operações Especiais –Batalhão de Operações Especiais (Bope), de Choque  e de Ações com Cães (BAC)- na Rocinha, nesta manhã. Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e do 23ºBatalhão da PM (Leblon) atuam no cerco e na contenção da região.

Segundo a PM, “o objetivo da ação é intensificar o vasculhamento da região em busca de armas e criminosos”. “A comunidade conta com atuação diária das forças especiais e apoios de outras unidades há mais de três meses”, completou a Polícia.

+++ RELEMBRE: Domingo de confrontos na Rocinha deixa pelo menos um morto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.