Disque-Denúncia RJ/Divulgação
Disque-Denúncia RJ/Divulgação

Sargento da PM é morto em Campo Grande, zona oeste do Rio

Policial estava de folga, com a namorada, e foi baleado quando chegava em casa

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

08 Março 2018 | 08h01

SÃO PAULO - Um sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi morto na noite desta quarta-feira, 7, no bairro Campo Grande, zona oeste da cidade.

+ Ao menos dois morrem em suposto acerto de contas na zona sul do Rio

O policial Marco Aurélio Nascimento de Almeida, de 46 anos, foi baleado na porta de casa, na Rua Taquarembo, por volta das 21h40. A namorada do PM contou que eles voltavam de uma pizzaria e, assim que chegaram em casa, foram surpreendidos por um homem que estava sentado em um banco na praça localizada em frente à residência.

+ Confronto na Cidade de Deus fecha Linha Amarela na manhã desta quarta

Assim que o policial desceu do veículo em que estavam para abrir o portão, o homem se aproximou e atirou diversas vezes, sem qualquer chance de defesa ou reação. Em seguida, o criminoso fugiu em um carro que o aguardava na esquina.

Almeida estava de folga, era lotado no 23º Batalhaõ da PM (Leblon) e estava há 17 anos na corporação. O Disque-Denúncia oferece uma recompensa de R$ 5 mil por informações que esclareçam a morte do PM.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.