Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Sargento Pimenta leva psicodelia ao Aterro do Flamengo, no Rio

Esta é a sexta vez que o Sargento Pimenta desfila no Rio de Janeiro e já se destaca entre os grandes grupos

Alfredo Mergulhão,Fernanda Nunes, RIO

08 de fevereiro de 2016 | 11h53
Atualizado 08 de fevereiro de 2016 | 15h35

Animados por músicas dos Beatles tocadas em ritmo de carnaval, 180 mil foliões cariocas acompanharam o bloco Sargento Pimenta na manhã desta segunda-feira, 9, no Aterro do Flamengo. O número foi o mesmo de 2015. Neste ano, o sexto de desfile do grupo, o tema foi a psicodelia, em referência à marca do álbum que dá nome ao bloco, o Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club´s Band.  A novidade deste ano foi a participação do filho da cantora Cássia Eller (1962-2001), Chico Chico, que tocou na banda.

"É a minha primeira vez no bloco. Vou participar com a galera. Vai ser legal. Me amarro em Beatles. Parece que muita gente também", disse Chico Chico, antes de iniciar o desfile. 

O bloco tocou sucessos dos Beatles em inglês, mas em ritmos brasileiros, como samba, funk, frevo e maracatu. Também foram executadas algumas composições próprias, produzidas nas oficinas de percussão que acontecem durante o ano todo. Em português, elas misturam referências aos Beatles e ao carnaval carioca. 

As reclamações, durante o desfile, ficaram por conta do número de banheiros químicos disponibilizados pela prefeitura do Rio de Janeiro. Filas se formavam em frente aos banheiros, enquanto o Sargento Pimenta tocava. No dia anterior, no domingo, 7, a prefeitura do Rio já havia multado 492 pessoas, flagradas urinando nas ruas da cidade, em desfiles de blocos. Do total, 88 eram mulheres e seis estrangeiros. A multa é de R$ 510. Desde o pré-carnaval, que começou há três semanas, 1.071 pessoas foram multadas por urinar em via pública, sendo 176 mulheres e 11 estrangeiros. Os números desta terça-feira ainda serão divulgados. 

Em Copacabana, mais 25 mil pessoas seguiram a Banda da Santa Clara. E no Leblon, zona sul da cidade, no bloco Corre Atrás, havia mais 13 mil, segundo a empresa de turismo do município do Rio, a Riotur. Na Barra da Tijuca, zona oeste, o destaque do dia foi o bloco Isbarra que Eu Gosto, que tocou música black. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul, a animação ficou por conta do Batucalacatuca. Ao todo, 90 blocos desfilam pelas ruas do Rio nesta terça-feira.

Furtos. A festa teve alguns casos de furto neste terceiro dia oficial de carnaval. O único registro da Polícia Milita, até o início da tarde foi a prisão de sete pessoas, na Praça General Osório, em Ipanema, na zona sul.

"Elas estavam praticando roubos na região. As vítimas e os presos foram encaminhados para a 14ª Delegacia de Polícia", informou a Polícia Militar, em comunicado oficial. Foram presos , Joel Gomes Fernandes Junior, de 18 anos, e Marcelo da Silva Santos Leal, de 22 anos. No mesmo local, mais cinco menores de idade foram apreendidos. Os dois adultos seriam autuados por roubo e corrupção de menores.

A temperatura nesta terça-feira é de quase 30 graus Celsius. Ainda assim, os foliões seguem se divertindo e colorindo as ruas da cidade com suas fantasias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.