Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Suspeito é morto pela PM em confronto na Rocinha nesta quarta

Segundo a polícia, homem portava granada e pistola; esta é a segunda morte violenta registra na comunidade em dois dias

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2017 | 19h02

RIO - Um suspeito morreu após ser baleado durante confronto com policiais militares, na tarde desta quarta-feira, 18, na Favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro. O nome da vítima não havia sido divulgado até o fim da tarde desta quarta.

+++ Homem morre baleado na Rocinha nesta terça-feira

Segundo a PM, moradores avisaram que havia homens armados na Rua 2, próximo ao local conhecido como Valão. Quando chegaram à via, policiais do Batalhão de Choque foram recebidos a tiros. Eles revidaram e um suspeito foi atingido. O rapaz chegou a ser levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, também na zona sul, mas morreu.

+++ Veja mais notícias sobre a Rocinha

Segundo a PM, ele portava uma granada e uma pistola Taurus PT 909, calibre 9 milímetros, com carregador e munições.

+++ 2 acusados de participar de tentativa de invasão à Rocinha são presos

Violência

Esta é a segunda morte violenta registrada na Rocinha nesta semana. Na terça-feira, 17, um homem morreu baleado - segundo a Polícia Militar, não em confronto com policiais. Carlos Eduardo Neves Mariano, de 33 anos, chegou a ser socorrido e levado ao  Hospital Miguel Couto, onde morreu. Até esta quarta-feira, o autor do disparo não havia sido identificado.

+++ Dois tiroteios e explosão de granada assustam moradores da Rocinha

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.