Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Suspeito morre após confronto entre criminosos e Bope na Rocinha

Segundo PM, guarnições do batalhão de operações especiais patrulhavam a região quando criminosos efetuaram disparos; um fuzil e duas granadas foram apreendidas

Paulo Roberto Netto, O Estado de S.Paulo

18 Junho 2018 | 09h51

SÃO PAULO - Um homem morreu após troca de tiros entre criminosos e militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) na madrugada deste domingo, 17, na Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro. A vítima é um dos suspeitos de participação no crime.

+ Após intervenção, número de tiroteios cresceu 36% no RJ

De acordo com a Polícia Militar, guarnições do Bope patrulhavam a comunidade quando criminosos efetuaram os primeiros disparos. Os militar revidaram e houve troca de tiros na região. Durante buscas na área, um dos suspeitos foi encontrado ferido. Ele foi socorrido ao Hospital Municipal Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. 

+ Mortes pela polícia voltam a crescer no 3º mês da intervenção; roubos caem

Com o suspeito foram apreendidos um fuzil calibre 5.56, duas granadas, carregador, munições e drogas. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.