Suspeito morre após troca de tiros com PMs na zona norte do Rio

Homem estaria participando de arrastão em Cavalcanti nesta segunda; no domingo, policial foi baleado durante perseguição

Carina Bacelar , O Estado de S. Paulo

04 Maio 2015 | 09h45

RIO - Um homem morreu baleado na madrugada desta segunda-feira, 4, após uma troca de tiros com policiais militares em Cavalcanti, na zona norte do Rio de Janeiro. Ele estaria participando de um arrastão contra motoristas na localidade.

PMs foram acionados e, ao chegarem ao local dos assaltos, houve perseguição. Segundo a PM, os criminosos dispararam contra os policiais, que revidaram.

Baleado, o suspeito, ainda não identificado, bateu o carro onde os homens fugiam em um poste e morreu. Uma pistola foi apreendida com os assaltantes e o caso foi registrado na 29ª Delegacia de Polícia (Madureira).

PM baleado. Um PM do 41º Batalhão (Irajá) foi baleado durante uma perseguição na noite de domingo, 3, em Anchieta, na zona norte.

De acordo com a Polícia Militar, agentes realizavam patrulhamento na Rua Sargento Rego quando suspeitaram de um veículo, que ao perceber a presença dos policiais, deu ré e atropelou um homem. Como os ocupantes do carro não prestaram socorro e fugiram, parte dos policiais partiu em perseguição. Os suspeitos foram detidos com um rádio transmissor, uma pistola e um carregador. 

Entretanto, segundo a Polícia, no momento em que os PMs prestavam socorro à vitima atropelada, homens do alto da comunidade Parque Esperança efetuaram disparos contra os policiais. Um deles foi atingido e foi levado para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na zona norte. O caso é investigado pela 39ª DP (Pavuna).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.