REPRODUÇÃO/TWITTER
REPRODUÇÃO/TWITTER

Temporal na região metropolitana do Rio arrasta plataforma recém-comprada pela Petrobrás

Segundo a petroleira, ninguém se feriu com o deslocamento do navio-plataforma, que pesa 78 mil toneladas. O navio-plataforma tem capacidade para produzir 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2020 | 23h48

RIO - Além dos tradicionais alagamentos e falta de luz em partes da cidade, o temporal que atingiu a Região Metropolitana do Rio de Janeiro na noite desta quinta-feira causou um fato provavelmente inédito: um navio-plataforma de petróleo que chegou ao porto do Rio no dia 24, comprado pela Petrobrás, e estava fundeado na Baía de Guanabara, foi parar na orla da praia de Boa Viagem, em Niterói. Segundo a petroleira, ninguém se feriu com o deslocamento do navio-plataforma, que pesa 78 mil toneladas.

Em nota divulgada às 22h20, a empresa afirmou que, “por conta do temporal e os fortes ventos que atingiram a região metropolitana do Rio de Janeiro, houve um deslocamento da P-70, durante o processo de ancoragem da plataforma para próximo da costa, em Niterói”.

A Petrobras informou que “já reconduziu a unidade à área onde ficará fundeada na Baía de Guanabara”. Não houve vítimas e a empresa afirmou que está apurando as causas da ocorrência.

O navio-plataforma tem capacidade para produzir 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia e vai operar no campo de Atapu, no pré-sal da Bacia de Santos. Ele saiu do estaleiro onde foi fabricado, na China, em 9 de dezembro, e chegou ao Rio no dia 24, trazido pelo navio holandês semissubmersível Boka Vanguard. O navio-plataforma havia sido colocado na água na manhã desta quinta-feira.

Outros efeitos da chuva. O temporal que atingiu o Rio nesta quinta-feira também causou queda de árvores, alagamentos e congestionamentos. Houve falta de luz no estádio de São Januário, horas antes da partida de futebol entre Vasco da Gama e Cabofriense, válido pelo Campeonato Carioca. O jogo deveria começar às 21h30, mas foi adiado e, no momento da publicação desta reportagem, estava previsto para começar às 23h05.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.