Tentativa de demolição na zona oeste do Rio tem tumulto e feridos

Moradores da Vila Autódromo, em Jacarepaguá, receberam oficial de justiça a pedradas; seis pessoas ficaram feridas

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

03 de junho de 2015 | 18h31

RIO - Pelo menos seis pessoas ficaram feridas durante um confronto ocorrido em uma tentativa de demolição de duas casas na Vila Autódromo, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, no início da tarde desta quarta-feira, 3.

A Procuradoria do Município havia obtido uma decisão judicial que autorizava a demolição dos imóveis, e um oficial de Justiça foi ao local, às 9 horas, acompanhado por policiais militares e agentes da Secretaria Especial de Ordem Pública, da Guarda Municipal e de outros órgãos públicos.

Quando o grupo chegou, segundo a Secretaria de Ordem Pública, foi recebido a pedradas pelos moradores. A Guarda Municipal reagiu e houve confronto. Dois moradores do bairro ficaram feridos. Segundo a Prefeitura do Rio, quatro guardas também se feriram.

A demolição acabou sendo cancelada em função de uma nova decisão judicial. O desembargador Carlos Eduardo da Rosa da Fonseca Passos, da 18ª Câmara Cível, considerou que a prefeitura não havia depositado o valor arbitrado como indenização - a perícia julgou adequado o valor de R$ 122.590, mas foi depositado um valor menor: R$ 122.029,28.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.