MARCOS DE PAULA/ESTADÃO
MARCOS DE PAULA/ESTADÃO

Homem morre e mulher fica ferida durante confronto em favela na zona sul do Rio

Polícia disse que agentes da UPP Pavão/Pavãozinho/Cantagalo estavam em patrulhamento na localidade conhecida como Beco do Mituca quando foram atacados

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

12 de junho de 2017 | 16h42

RIO - RIO - Um homem morreu e uma mulher ficou ferida durante intenso tiroteio ocorrido na tarde desta segunda-feira, 12, na favela Pavão-Pavãozinho, entre Ipanema e Copacabana, na zona sul do Rio. O confronto ocorreu entre criminosos e policiais militares e causou pânico entre moradores da favela, que relataram o episódio por meio das redes sociais. Ninguém foi preso. Até as 19h15 não havia informações sobre a identidade das duas vítimas nem sobre o estado de saúde da sobrevivente.

O Comando de Polícia Pacificadora informou que policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Pavão/Pavãozinho/Cantagalo estavam em patrulhamento na localidade conhecida como Beco do Mituca quando foram atacados por criminosos e reagiram. O confronto se estendeu por mais de uma hora. 

"Posteriormente, o comando da UPP recebeu a informação de que um homem e uma mulher feridos deram entrada no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon (zona sul). O homem não resistiu. O Batalhão de Choque continua reforçando o policiamento na região", informou o Comando.

No Facebook, moradores da favela e das imediações relataram que o tiroteio "é um dos mais fortes que já ouvi" e cogitaram a existência de vítimas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.