Google Street View
Google Street View

Tiroteio entre policiais e assaltantes deixa dois mortos e dois feridos na noite de sexta em Niterói

Segundo informações da Polícia Militar (PM), um morto é suspeito de participação no assalto, enquanto o outro é um transeunte atingido por uma bala perdida

Daniela Amorim e Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2019 | 12h36

Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas após um tiroteio entre assaltantes e policiais militares, na noite de sexta-feira, no Centro de Niterói, na região metropolitana do Rio. Segundo informações da Polícia Militar (PM), um morto é suspeito de participação no assalto, enquanto o outro é um transeunte atingido por uma bala perdida.

Atingido enquanto passava pelo local, Thiago da Conceição Marins, de 31 anos, morreu na manhã deste sábado, segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Rio. A Polícia Civil identificou o suspeito morto como Vitor Henrique da Costa Oliveira.

Oliveira e um comparsa estavam assaltando uma motocicleta numa esquina próxima do Shopping Plaz Niterói, o mais movimentado da cidade, quando foram surpreendidos por policiais, conforme a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar. “De imediato, os policiais tentaram realizar a abordagem e os criminosos efetuaram disparos. Houve confronto”, diz a nota enviada pela PM.

No tiroteio, Oliveira, um dos suspeitos, morreu no local. O outro suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi baleado e socorrido ao Hospital Estadual Azevedo Lima.

Marins e Irene Gagliano, de 63 anos, estavam perto do local do tiroteio e também foram atingidos. As duas vítimas foram socorridas também no Hospital Estadual Azevedo Lima. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Gagliano teve alta na madrugada deste sábado. Marins, que, conforme relato do jornal “O Globo”, foi baleado nas costas, não resistiu ao ferimento e morreu de manhã.

Ao “O Globo”, o cunhado de Marins, que preferiu não se identificar, disse que o homem pelo local do tiroteio, após sair do trabalho. “Ele trabalha em uma loja de brinquedos dentro do shopping. Quando saia do emprego foi atingido”, disse o cunhado da vítima.

Ainda segundo “O Globo”, outros dois suspeitos que trocaram tiros com os policiais conseguiram fugir. A PM informou que encontrou um carro abandonado, com o qual, “segundo informações, homens armados fugiram após colidir com um ônibus”. A PM informou ainda que apreendeu “uma pistola, dez munições, uma granada, uma touca ninja” com os assaltantes.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) foi aberto um inquérito policial para apurar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.