Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Tiroteio entre policiais e criminosos deixa um morto e um ferido na Rocinha

Policiais de UPP foram atacados durante patrulhamento e revidaram. Rocinha está em guerra desde setembro do ano passado

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2018 | 19h18

RIO - Pelo menos um homem morreu e outro ficou ferido em mais um tiroteio entre policiais e criminosos na Rocinha, na zona sul. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade foram acionados via 190 para a ocorrência de um suposto sequestro na localidade conhecida como “Valão”. No local, segundo a assessoria, nada foi constatado.

+ PM morre e três ficam feridos em confrontos na Rocinha 

“No entanto, na sequência do patrulhamento, os policiais foram atacados por criminosos armados e houve confronto”, diz a nota oficial. “Após cessar os disparos, moradores informaram sobre um senhor em óbito e solicitaram ajuda para socorrer outro morador ferido ao Hospital Miguel Couto. A área do confronto foi isolada e a Delegacia de Homicídios acionada para realização de perícia.”

Nas redes sociais, moradores confirmaram a morte de um homem que seria funcionário de um hortifruti local. Eles relataram tiroteio intenso e momentos de pânico. A Rocinha está em guerra desde setembro do ano passado. Pelo menos 53 pessoas já morreram na comunidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.