Tiroteio na zona norte do Rio deixa um morto

A polícia fazia patrulhamento na Vila Cruzeiro quando bandidos dispararam contra os oficiais; foram apreendidas armas e munição

Mariana Sallowicz, O Estado de S. Paulo

02 de novembro de 2014 | 13h06

RIO - Um suspeito morreu e outro ficou ferido durante confronto com policiais na Vila Cruzeiro, zona norte do Rio, na noite desse sábado, 1. Momento depois do tiroteio, uma mulher baleada na perna foi socorrida pelos policiais, que a encaminharam para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, também zona norte da cidade. O outro suspeito ferido foi levado ao mesmo hospital, onde está sob custódia.

De acordo com informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e duas equipes do Grupamento Tático de Polícia de Proximidade (GTPP) da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Parque Proletário faziam patrulhamento na região quando, ao entrarem em um beco na rua 23, na localidade da Vacaria, encontraram três homens armados, que teriam iniciado os disparos. Dois deles foram atingidos, sendo que um morreu após ter sido socorrido no Hospital Getúlio Vargas.

A CPP informou ainda que foram encontrados no local do confronto duas pistolas, dois carregadores de pistola, 16 munições, 11 cartuchos de munições, uma armação de fuzil AK 47 e um punho de fuzil.

Segundo a polícia, uma equipe da UPP Vila Cruzeiro realizou um cerco em um beco da região e encontrou outros supostos bandidos, que teriam atirado contra os agentes. Os PMs revidaram e os suspeitos fugiram, mas deixaram cair uma sacola com dois carregadores de fuzil carregados com 37 munições, dois carregadores de pistola contendo 13 munições e um rádio comunicador. A ocorrência foi registrada na 22ª Delegacia de Polícia (Penha).

Tudo o que sabemos sobre:
TiroteioVila Cruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.