Carlos Eduardo Cardoso/Agência O Dia
Carlos Eduardo Cardoso/Agência O Dia

Reservatório de água é perfurado após tiroteio na zona norte do Rio

Segundo a PM, traficantes de facções rivais trocaram tiros durante a madrugada; é a segunda vez no ano que reservatório é perfurado

O Estado de S. Paulo

03 Setembro 2015 | 10h23

RIO - Um reservatório da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) na comunidade Jorge Turco, em Rocha Miranda, na zona norte do Rio, foi atingido por tiros na madrugada desta quinta-feira, 3, e amanheceu com um vazamento de água e pelo menos 15 perfurações.

Em fevereiro deste ano, o mesmo reservatório, com capacidade para 200 mil litros, também sofreu um vazamento após ser perfurado por projéteis. Na época, o tiroteio deixou cinco mortos, segundo a PM, todos suspeitos. 

A Polícia Militar realiza operação na comunidade Jorge Turco na manhã desta quinta-feira, 3. Durante a madrugada, houve intensa troca de tiros entre traficantes de facções rivais, que, segundo informações do 41º Batalhão (Irajá), durou mais de uma hora. Até o início da manhã, não havia registro de feridos no confronto. 

Procurada, a Cedae ainda não se pronunciou sobre o caso. 

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.