MetrôRio/Divulgação
MetrôRio/Divulgação

Tiroteio próximo a estação de metrô deixa seis feridos no Rio

Vítimas são suspeitos de roubo a carros e três pessoas que passavam no local no momento do confronto; um homem fugiu

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2015 | 10h17

RIO - Um tiroteio próximo à Estação Irajá, na zona norte do Rio de Janeiro, deixou seis feridos na noite desta quinta-feira, 25. Entre eles, de acordo com a Polícia Militar, estariam três criminosos. Os demais atingidos passavam pelo local quando PMs começaram a trocar tiros com homens armados. 

A ação provocou o fechamento temporário da estação de metrô, entre 22h15 e 22h25. A versão da PM é de que os suspeitos haviam roubado um carro em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, por volta de 22h, e fugiram pela Avenida Brasil. Acionados, policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE) começaram uma perseguição na altura de Acari, também na zona norte.

Durante a fuga, os criminosos roubaram outro veículo e se dividiram entre os dois carros. Eles seguiram, então, para Irajá, onde homens do 41º Batalhão, que fica no bairro, montaram um cerco. Iniciado o confronto, o segundo carro roubado acabou batendo em um poste.

As três pessoas vítimas de balas perdidas no tiroteio foram levadas para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, zona norte. Entre elas, o pastor José de Souza Campos, que foi baleado na mão, mas acabou tendo o dedo preservado graças a uma aliança. O tiro, que atingiu em cheio a joia, acabou deformando a peça.

Uma taxista identificada como Cristina Neves Siqueira foi baleada na perna, e Carlos Alexandre Nascimento, que passava pelo local, foi ferido no ombro.

Um dos criminosos feridos conseguiu fugir, mas os outros dois, um adulto e um garoto de 17 anos, estão internados. Um outro adolescente foi apreendido com o grupo. Na ação, os policiais conseguiram apreender duas pistolas. A ocorrência foi registrada na 39ª Delegacia de Polícia (Pavuna).


Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaRio de JaneiroMetrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.