Tiroteios no Complexo da Maré deixam dois mortos

Adolescente foi atingido por soldados na Vila do João e um homem foi baleado na comunidade de Nova Maré

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

03 de novembro de 2014 | 12h17

Atualizada às 20h01

RIO - Um homem morreu e outro ficou ferido durante tiroteios ocorridos na manhã desta segunda-feira, 3 no complexo de favelas da Maré, na zona norte do Rio. Desde abril o conjunto de comunidades está patrulhada por tropas federais.

Segundo a Força de Pacificação, dois criminosos atiraram contra soldados do Exército na Vila do João, por volta das 9h30. Nenhum militar foi atingido. Ao revidar, os soldados atingiram um dos suspeitos, adolescente. Ele foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Até as 16 horas seu nome não havia sido divulgado. O comparsa do adolescente conseguiu fugir.

No mesmo horário, na comunidade conhecida como Nova Maré, um homem ficou ferido durante um tiroteio entre facções rivais. Ele foi socorrido e levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. O caso foi registrado na 21º DP (Bonsucesso).

Desde a madrugada desta segunda ocorreram vários tiroteios no complexo da Maré. Dezenas de criminosos de uma facção criminosa tentaram invadir a região para controlar o tráfico de drogas, hoje comandado por um grupo rival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.