Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Traficante metralhou loja do McDonald's por não receber 40 lanches de graça

Caso aconteceu em uma lanchonete em Bonsucesso, na zona norte do Rio, no início de agosto, mas só foi revelado agora

O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2017 | 21h49

RIO - Uma lanchonete do McDonald's foi metralhada após um funcionário se recusar a fornecer 40 sanduíches, batatas fritas e refrigerantes de graça a um traficante. O caso aconteceu no início de agosto no bairro de Bonsucesso, zona norte do Rio, mas só foi revelado agora. As informações são do RJTV, da TV Globo.

++Forças Armadas deixam Rocinha nesta sexta-feira, diz Jungmann

O ataque aconteceu momentos após o gerente da lanchonete se recusar a fornecer os lanches. Irritado com a recusa, o criminoso saiu do local e voltou dez minutos mais tarde com um grupo de comparsas. Eles metralharam a lanchonete, que àquela hora estava com grande presença de clientes, incluindo crianças. Ninguém se feriu.

Segundo a Polícia Civil, um dos responsáveis pelo ataque é Michael Faria de Souza, de 23 anos. Ele é apontado como traficante do Morro do Adeus, no subúrbio carioca.

++Comando diz que militar que usou máscara de caveira na favela será advertido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.