@PetterKalewi/Twitter/Reprodução
@PetterKalewi/Twitter/Reprodução

Trem da SuperVia descarrila próximo à Estação Nova Iguaçu

Segundo a companhia, não houve feridos; Ramal Japeri operou apenas entre as Estações Presidente Juscelino e Central do Brasil

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

06 Maio 2015 | 09h09

RIO - Um trem que seguia para o centro do Rio de Janeiro descarrilou na manhã desta quarta-feira, 6, na altura da Estação Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo a SuperVia, concessionária que administra as linhas de trem do Rio, não houve feridos no acidente. Depois do descarrilamento, por volta das 6h, a composição ainda bateu em um poste da linha férrea. Os bombeiros foram acionados, mas só uma pessoa foi atendida.

Por causa do descarrilamento, o Ramal Japeri operou apenas entre as Estações Presidente Juscelino e Central do Brasil, com intervalos irregulares. As oito estações fechadas foram reabertas às 7h30, de acordo com informe da SuperVia. 

Ainda segundo a SuperVia, foi iniciada de forma imediata a "distribuição de vale viagem aos passageiros". Técnicos da empresa permanecem no local fazendo reparos e os intervalos do ramal Japeri seguem irregulares.

A concessionária informou ainda que está apurando as causas do incidente. 

Em nota, a empresa declarou que o trânsito de pessoas na via férrea dificultou o restabelecimento da circulação. "A SuperVia ressalta ainda que, em uma ocorrência como a registrada hoje (quarta-feira), a concessionária conseguiria liberar a circulação em um prazo médio de 20 minutos, diminuindo os prejuízos causados aos passageiros. No entanto, com a ocupação das linhas, este tempo foi superior ao usual para garantir a segurança dos passageiros que caminhavam na via."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.