Três ciclistas morrem ao serem atropelados por ônibus no Rio

Segundo testemunhas, motorista se distraiu ao entregar troco para uma passageira

Clarissa Thomé, do Estadão,

22 de agosto de 2007 | 01h42

Três ciclistas morreram e dois ficaram feridos ao serem atropelados por um ônibus da linha 734 (Madureira-Rio das Pedras), na manhã de terça-feira, 21, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade. Segundo testemunhas, o motorista do veículo da empresa Transportes Futuro - um microônibus que circula sem cobrador - distraiu-se ao entregar o troco para uma passageira. O acidente ocorreu às 7h15. Odair José Alexandre do Carmo, de 23 anos, e o primo Wilas Silva Alexandre, de 23, morreram no local. Bombeiros socorreram José Gilson Machado da Silva, de 28, Manoel Lourenço Duarte, de 35, e Josiel de Lima Oliveira, de 28. Eles foram levados para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Silva morreu no hospital. O motorista do ônibus, Josehilton da Silva Costa, de 27 anos, entrou em estado de choque e também está internado. As vítimas eram ajudantes de pedreiro e vizinhos na Favela de Rio das Pedras. Diariamente, saíam juntos para o trabalho de bicicleta, a fim de economizar o dinheiro da passagem. Outros dois vizinhos escaparam do acidente porque o pneu de uma bicicleta furou. A empresa informou que o motorista, que tem dois anos de casa, havia parado para que um passageiro desembarcasse, e não estava distraído recebendo o dinheiro da passagem. O Ministério Público do Trabalho já tem investigação aberta para apurar a dupla função de motoristas em algumas empresas.

Tudo o que sabemos sobre:
atropelamentoRio de Janeirociclistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.