Três PMs morrem na noite de sábado no Rio

Crimes não têm ligação entre si, de acordo com a Polícia Civil

Tiago Rogero, O Estado de S. Paulo

30 de novembro de 2014 | 15h29

 RIO - Três policiais militares foram mortos na noite deste sábado no Rio, em crimes ao menos inicialmente sem ligação entre si, de acordo com a Polícia Civil. Os assassinatos foram em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio, São João de Meriti e Magé, ambas cidades da Baixada Fluminense. Todos os militares mortos teriam sido vítimas de tentativas de assalto, segundo as primeiras informações.

Por volta de 20h, um subtenente que trabalhava no 21º BPM (São João de Meriti) foi abordado próximo à sua casa, em Rocha Miranda, por dois criminosos. Ele estava acompanhado do filho, teria tentado reagir ao assalto e foi morto. A criança não ficou ferida.

Em Vilar dos Teles, distrito de São João de Meriti, um militar lotado na UPP do Morro do Turano, na Zona Norte do Rio, estava acompanhado do irmão quando ambos teriam sido vítimas de uma tentativa de assalto, por volta de 21h. Os criminosos tentaram levar a motocicleta do irmão do PM, que teria reagido. Ambos foram baleados e não resistiram.

Em Magé, um subtenente que trabalhava no 16º BPM (Olaria) morreu também no que seria uma tentativa de assalto, por volta de 21h. Todos os casos foram registrados nas Divisões de Homicídios da Polícia Civil, da Baixada e da capitital.

Tudo o que sabemos sobre:
RioPolíciaViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.