Google Street View
Google Street View

Três suspeitos de envolvimento na morte de jovem no RJ durante assalto são presos

Um dos detidos foi flagrado com a arma utilizada no latrocínio; criminosos foram encontrados graças a uma denúncia anônima

Jéssica Otoboni, O Estado de S.Paulo

22 Maio 2018 | 12h27

SÃO PAULO - Policiais prenderam três suspeitos de envolvimento na morte da jovem Soraia Macedo Lemos, de 17 anos, na noite de segunda-feira, 21. Ela foi assassinada no dia 15, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro, após uma tentativa de roubo de celular.

+ Número de mortes pela polícia do Rio aumenta 17,6% em fevereiro

+ Em um dia, adolescente de 13 anos e menina de 3 são mortos a tiros no Rio

Segundo a Polícia Militar, os agentes do 21.º BPM (Vilar dos Teles) receberam uma denúncia anônima sobre a possível localização dos criminosos.

+ Polícia faz operação para cumprir mandados de prisão contra foragidos da Justiça no Rio

+ Criminosos matam criança de três anos em tentativa de assalto no Rio

O primeiro suspeito foi detido no bairro de São Matheus, em São João de Meriti. No local, os policiais também apreenderam uma moto, que seria a mesma utilizada no dia do crime. Ele foi levado para a 37.º DP (Ilha do Governador) e depois para a Divisão de Homicídios, na Barra da Tijuca.

Em seguida, a polícia seguiu para a Comunidade da Jaqueira, na mesma cidade, onde prendeu dois suspeitos de participação no latrocínio. Um deles foi flagrado com a arma utilizada na ação.

Soraia passava pela Rua Estocolmo com uma amiga quando foi abordada pelos criminosos. Elas entregaram os celulares, mas, aparentemente, um dos assaltantes se irritou por não conseguir desbloquear um dos aparelhos. Ele então disparou na cabeça da jovem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.