Ultraleve cai entre as Praias de São Conrado e do Leblon, na zona sul

Acidente aconteceu por volta das 9h30 desta sexta; ninguém se feriu

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2015 | 10h23

Atualizada às 20h07

RIO - Um ultraleve caiu no mar do Leblon, na zona sul da capital fluminense, na manhã desta sexta-feira, 10, assustando banhistas. A aeronave teve problemas mecânicos e o piloto precisou fazer um pouso forçado na água. O ultraleve acabou afundando, mas ninguém se feriu. 

O acidente ocorreu por volta das 9h30, a cerca de 200 metros da areia, na altura do Posto 12, conforme contaram barraqueiros da praia. As areias estavam vazias, apesar da bela manhã de sol. As condições climáticas eram bastante favoráveis ao voo. 

O piloto Gabriel Carvalho e o copiloto Luiz Felipe Saback faziam um passeio iniciado no Aeroporto de Jacarepaguá, localizado na zona oeste da cidade. Quando detectaram uma pane no ultraleve, optaram pela tentativa de pouso diretamente na água. 

Afundamento. Os tripulantes s conseguiram sair do ultraleve e foram resgatados por bombeiros de jet ski. O aparelho foi rebocado por um barco de pescadores, mas, enquanto era conduzido, afundou. 
Duas embarcações da Marinha tentavam resgatá-lo até o fim da tarde. Os tripulantes prestaram depoimento à policia sobre o acidente. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.