UPP na zona norte do Rio é atacada por criminosos armados

Em outro bairro da zona norte, tiroteio levou à suspensão temporária do serviço de transporte BRT

Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2017 | 13h36

RIO – A Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista Méier, instalada no bairro Lins de Vasconcelos, na zona norte do Rio, foi atacada por criminosos armados, no início da madrugada deste domingo, 18. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, houve confronto, mas não há informação de feridos.

Pela manhã, um tiroteio entre policiais e criminosos que ocupam a comunidade Cajueiro, em Madureira, na zona norte, levou à suspensão temporária do serviço de transporte BRT no bairro. Um suspeito foi ferido e socorrido no Hospital Carlos Chagas. Foram apreendidos um fuzil calibre 556, um rádio comunicador e drogas em quantidade ainda não medida. A operação já foi encerrada.

Tudo o que sabemos sobre:
CajueiroUPPPolícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.