Reprodução/ TV Globo
Reprodução/ TV Globo

Usuários de crack se arriscam em avenida para fugir de abordagem no Rio

Grupo passou entre os carros na Avenida Brasil em horário de fluxo intenso para escapar de agentes sociais

Felipe Tau - O Estado de S. Paulo,

07 Novembro 2012 | 10h32

SÃO PAULO - Dezenas de usuários de crack cruzaram correndo a Avenida Brasil, uma das mais movimentadas do Rio de Janeiro, para fugir de assistentes sociais da Prefeitura na manhã desta quarta-feira, 7. Imagens da TV Globo mostram grupos se arriscando em meio ao fluxo intenso de veículos para se abrigar em vãos do lado oposto da via.

A abordagem foi feita por funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas) na comunidade Parque União, na entrada do governador, região com grande concentração de usuários.

Um total de 50 pessoas, incluindo três adolescentes, foram recolhidas entre as 7h30 e as 9h45, de acordo com a pasta. Uma equipe com 21 profissionais participou do trabalho, entre educadores sociais, psicólogos, e assistentes sociais da 4ª Coordenadoria de Assistência Social (CAS) do município.

A ação foi acompanhada por policiais do 22 º Batalhão e das delegacias da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) e de Proteção à Criança e Adolescente (Dpca). Segundo a secretaria, todos os acolhidos serão encaminhados para abrigos da Rede de Proteção Social do município.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.