Vitor Belfort apela por denúncias que solucionem o caso da irmã

Mulher conta à polícia que matou Priscila Belfort, desaparecida desde janeiro de 2004, e rmão pede ajuda

Pedro Dantas, do Estadão,

10 de agosto de 2007 | 12h29

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 10, o lutador Vítor Belfort apelou por denúncias que levem à solução do caso do desaparecimento de sua irmã Priscila Belfort. O atleta acredita que o desfecho do caso está próximo, após o depoimento da desempregada Elaine Paiva da Silva, de 27 anos, que contou ter assassinado a jovem, desaparecida desde 2004.  Ex-namorado de Priscila Belfort pode ser chamado para depor  Elaine disse à Polícia ter participado do assassinato da jovem, que teria sido motivado por uma dívida com traficantes de drogas. "Acredito que por trás das meias-verdades dela há uma grande verdade. Agora, se tudo for uma farsa, ela deve pagar por isso", declarou Belfort.

Tudo o que sabemos sobre:
Priscila Belfort

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.