CET faz mutirão para consertar semáforos na capital paulista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

CET faz mutirão para consertar semáforos na capital paulista

Moradores da cidade informam que em algumas regiões os defeitos nas sinalizações ocorrem com muita frequência

Renata Okumura

05 Outubro 2017 | 17h35

SÃO PAULO – Pedestres encontraram dificuldade na manhã desta quinta-feira, 5, para atravessar a Rua Domingos de Morais, nas proximidades do metrô Santa Cruz, na zona sul da cidade. O semáforo estava apagado e não havia auxílio de agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Semáforo apagado na Rua Domingos de Morais Foto: Renata Okumura

“Os carros não deixam a gente atravessar. Não entendo o motivo de tantos semáforos quebrados. Já ouvi falar em roubos de fios, mas em todas as regiões temos problemas. O conserto deve ser rápido porque há risco de batida e atropelamento”, questionou a estudante Bruna Oliveira.

A situação é recorrente em diversos bairros da cidade. Desde o início do ano, motoristas e pedestres se queixam dos semáforos quebrados.

Semáforos apagados incomodam moradores Foto: Renata Okumura

A CET informa que iniciou nesta quinta-feira um mutirão para o conserto de semáforos na cidade. “Com a retomada dos contratos com as empresas vencedoras da licitação, as equipes de manutenção estarão em vias das zonas leste, sul e norte da capital, trabalhando para restabelecer o pleno funcionamento dos equipamentos”, reforçou a nota.

Este mutirão de manutenção com as empresas contratadas vai contemplar inicialmente a Radial Leste e as Avenidas Marechal Tito, Senador Teotônio Vilela e Raimundo Pereira de Magalhães.

“A escolha desses locais levou em consideração a importância viária dos corredores para a fluidez do trânsito e a segurança dos usuários, principalmente os mais frágeis (pedestres e ciclistas). Nos próximos dias, outros cruzamentos também serão contemplados pelas equipes de manutenção semafórica”, finalizou a nota.

Relembre.

Semáforos da capital paulista permanecem quebrados diante de incertezas com relação aos contratos envolvendo as empresas de manutenção. O semáforo na Avenida Inajar de Souza, na altura do número 1.200, na zona norte, continua apagado. “Voltou a funcionar por um dia apenas. E é ruim porque fica perto de uma UBS (Unidade Básica de Saúde)”, disseram os moradores da região.

Além da chuva, o furto de cabos prejudica o funcionamento dos semáforos em ruas e avenidas da capital paulista. Na Avenida Dr. Abraão Ribeiro, na Barra Funda, na zona oeste da cidade, agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ficam posicionados em frente ao Fórum Criminal para auxiliar motoristas e pedestres.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

SemáforosQuebradosConsertosCET