Wilton Júnior / Estadão
Wilton Júnior / Estadão

Com tempo firme, trabalho de buscas por vítimas em Brumadinho é retomado

Corpo de Bombeiros disse que helicópteros poderão ser utilizados, mas ainda há risco de chuvas durante a tarde

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2019 | 07h42
Atualizado 05 de fevereiro de 2019 | 14h33

SÃO PAULO - O trabalho de buscas por vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em Minas Gerais, foi retomado na manhã desta terça-feira, 5, pelas equipes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o tempo na região está firme e helicópteros poderão ser utilizados. Apesar da melhoria no clima, ainda há previsão de chuvas durante a tarde. 

Equipes de bombeiros militares e alguns voluntários estão sendo encaminhados ao local para a realização de buscas a pé, com barcos, helicópteros, cães, escavadeiras, máquinas anfíbias e drones.

Há 30 equipes espalhadas pela região atingida pela lama. São realizadas escavações em terreno já enrijecido e estão sendo feitas buscas em um veículo encontrado no Rio Paraopeba.  

O último balanço dos bombeiros, divulgado na segunda-feira, apontava 134 mortos, dos quais 120 foram identificados. Ainda há 199 pessoas desaparecidas. Um novo balanço deve ser divulgado somente na quarta.

Tudo o que sabemos sobre:
Brumadinho [MG]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.