Douglas Magno/AFP
Douglas Magno/AFP

Papa Francisco pede orações às vítimas da tragédia de Brumadinho

No dia em que o rompimento da barragem completa um ano, pontífice se lembrou dos 'irmãos e irmãs que foram soterrados'

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2020 | 12h00

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco divulgou mensagem para lembrar a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, que completa um ano neste sábado, 25, e pedir orações para as vítimas do rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão.

"Neste primeiro aniversário da tragédia de Brumadinho, oramos pelos irmãos e irmãs que foram soterrados. E lamentamos a contaminação de toda a bacia fluvial. Ofereçamos nossa solidariedade às famílias das vítimas, um apoio à Arquidiocese e a todas as pessoas que sofrem e que precisam de nossa ajuda", escreveu Francisco. "Com a intercessão de São Paulo, que Deus nos ajude a recuperar e proteger a nossa casa comum."

A tragédia deixou oficialmente 259 mortos e 11 desaparecidos. O Corpo de Bombeiros permanece realizando buscas para encontrar os corpos. A barragem se rompeu no dia 25 de janeiro de 2019, resultando em mortes e na destruição de casas e equipamentos públicos na cidade, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte.

Nesta semana, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou o ex-presidente da Vale Fabio Schvartsman e mais 10 funcionários da mineradora pelo rompimento da barragem.

Já a Polícia Federal informou que as conclusões sobre as investigações que vão apontar possíveis responsáveis pela tragédia só devem ser concluídas em junho, quando deverá ficar pronto laudo que indicará o que teria provocado a liquefação da barragem, possível causa do colapso da estrutura. O laudo está sendo elaborado em parceria com universidades europeias. /ANSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.