Polícia prende chefe da facção PCC no Rio

Tinésio foi capturado na Rodoviária Novo Rio, enquanto esperava por Jenifer, que vinha de Minas Gerais com cinco quilos de pasta base de cocaína para entregar a ele

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

27 Junho 2018 | 13h56

RIO - Policiais da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prenderam, na madrugada desta quarta-feira, Fábio Henrique de Farias, o Tinésio, e Jenifer de Souza Lima. De acordo com a polícia, ele era o chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo, no Rio de Janeiro. Tinésio foi capturado na Rodoviária Novo Rio, enquanto esperava por Jenifer, que vinha de Minas Gerais com cinco quilos de pasta base de cocaína para entregar a ele.

Segundo a polícia, o traficante estava sendo monitorado há meses pela Dcod por sua ligação com traficantes das comunidades Vila dos Pinheiros, Vila do João, Baixa do Sapateiro, Morro do Timbau, Salsa e Merengue e Conjunto Esperança, todas no Complexo da Maré e dominadas pela facção Terceiro Comando Puro (TCP).

+++PF faz operação contra organização criminosa que atuava na fronteira do País

A Dcod investigava a aliança entre as organizações criminosas e constatou que Tinésio era quem fazia a conexão entre ambas. Uma de suas funções era facilitar a aquisição de armas e drogas pelos bandos. Além disso, era o responsável pelos integrantes do PCC que estão em liberdade no Rio. Mesmo com a prisão do traficante, a investigação sobre a quadrilha continua, informou a Dcod.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.